quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Aula passeio: aprender, com prazer.


Vivemos em uma região que recebe turistas do mundo inteiro, pois a natureza por aqui se fez generosa. E a história também...
A Baía de Guanabara, desde os tempos de Villegaignon, já era a menina dos olhos de franceses que navegavam ao sul do equador. Por aqui encontraram abrigo para os seus navios e para sua gente. Quiseram explorar a terra, fizeram alguns amigos (os tamoios) e resolveram criar raízes no lugar.
Então, para guardar suas vidas e sua aldeia, chegaram a instalar canhões para afugentar os inimigos (neste caso, os portugueses).
Um destes canhões foi instalado no lado oriental da entrada da barra, ou seja, no lado onde hoje se localiza Niterói.
Esta parte da história – entre outras – está guardada em uma construção belíssima, a Fortaleza de Santa Cruz, que visitamos em outubro deste ano.
Embora muitos de nós moremos por aqui há algum tempo, nem sempre temos oportunidade de visitar os pontos turísticos e históricos da cidade. Em nossa vida corrida, quando sobra um tempo para lazer ou descanso, optamos muitas vezes por prazeres mais próximos: o churrasco com a famíla, a praia – quando faz sol, o jogo com os amigos...
Então, se a Escola propõe outro tipo de aula, é bom aproveitar a oportunidade, pois além do aprendizado, podemos nos divertir também!

Algumas coisinhas que aprendemos nesta aula passeio:
  • Devemos levar água para fazer caminhada de mais de três quilômetros, uma barrinha de cereais ou uma frutinha.
  • Os banheiros femininos, mesmo em pontos turísticos, nunca são em número suficiente.
  • “A cobra fumou” é uma frase com fundamento.
  • Quero-queros nem sempre atacam intrusos próximos aos seus filhotes.
  • Oito homens e um animal eram necessários para manobrar um canhão de origem inglesa.
  • Um antigo paiol pode ser transformado em um interessante salão de festas.
  • Óleo de baleia, calcário e mariscos triturados fazem uma cola poderosíssima!
  • Masmorras sem luz e pouco ventiladas ainda nos arrepiam.
  • Romance com oficial da guarnição podia causar sofrimento mortal para donzelas apaixonadas.
  • Um dia nublado é um ótimo aliado de caminhadas – principalmente na volta para casa.
  • Há restaurantes em Jurujuba que oferecem boa comida com bom preço!
  • Ver paisagens conhecidas sob outros ângulos, sentir a brisa que vem do mar refrescando a pele, ouvir o ritmo das ondas batendo no costão (e não o ronco de motores ou buzinas)... Não tem preço!
Aprendemos estas e outras cositas más.

2 comentários:

  1. Salve !
    Navegando pela grande rede sem rumo com a intenção de divulgar o meu blog cheguei até você e gostei do que vi. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da telinha está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar um pouco mais de cuidado, mas em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em
    http://www.silnunesprof.blogspot.com
    Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura, da reflexão e enquanto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam. Pois o maior bem que podemos deixar para os nossos filhos é o afeto e uma boa educação. Isso faz com que ela acredite na própria capacidade, seja feliz e tenha um preparo melhor para lidar com as dificuldades da vida. Com amor, toda criança será confiante e segura como um rei, não se violentará para agradar os outros e será afinada com o próprio eixo. E se transformará num adulto bem resolvido, porque a lembrança da infância terá deixado nela a dimensão da importância que ela tem.
    VAMOS TODOS JUNTOS PELA EDUCAÇÃO, NA LUTA POR UM MUNDO MELHOR !
    Se achar a minha proposta coerente, siga-me nessa luta por um mundo melhor. Peço que ao responder deixar sempre o link do blog, pois vez por outra o comentário entra com o link desabilitado ou como anônimo. Por causa disso fico sem ter como responder as pessoas.Os meus comentários também entram via e-mail, pois nem sempre a minha conexão me permite abrir as páginas: moro dentro de um pedacinho da Mata Atlântica, creio que mais alto que as antenas, com isso a minha dificuldade de sinal do 3G. Espero queentenda quando não puder visitá-lo.
    Daqui onde estou, os únicos sons que escuto aqui é o dos pássaros, grilos, micos., caipora, saci pererê, a pisadeira, matintapereira ... e outras personagens que vivem pela mata.
    Por hoje fico por aqui, já escrevi demais. Espero nos tornarmos bons amigos.
    Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
    Saudações Florestais !
    Silvana Nunes.'.

    ResponderExcluir
  2. É importante a escola transpor seus muros. Os alunos aprendem muito mais!! Isso é Instigante e por isso o trabalho de vocês ganhou um selinho "Blog Instigante"
    Veja no PC e a Criança e Parabéns!

    ResponderExcluir